Será que todo designer precisa de uma marca gráfica?

Nesse artigo gostaria de falar sobre um post que li certa vez e que me deparei com essa questão. Depois que li a pergunta pensei comigo: “ué… mas não é óbvio que todo designer precisa de uma marca gráfica?“. Talvez não.

Mas o artigo escrito por Lígia Fascione, que atua na área de marketing e identidade corporativa, nos convida a fazer uma reflexão sobre essa pergunta. Segundo Lígia Fascione um profissional liberal como um designer não possui um número tão grande de contatos que não possa ser administrado unicamente por ele.

Já as empresas que possuem um grande número de funcionários e um longo caminho até o produto chegar até o consumidor final, necessitam mais de uma marca pois normalmente se comunicam com grupos variados e grandes e precisam passar uma imagem de profissionalismo e confiança.

Lígia defende que os designer realmente precisam de uma identidade visual bem organizada mas não necessariamente uma marca gráfica como estamos habituados a ver, mas pode se utilizar de cores, texturas, formas, imagens, fontes, etc. elementos desse tipo para o identificarem e também o seu trabalho sem ter que se prender as complexidades de uma marca.

Quando um designer decide trabalhar por conta própria a primeira coisa que ele pensa é: “preciso criar a minha própria marca antes de qualquer coisa” afinal de contas ela será a sua cara em mídias, materiais de divulgação, redes sociais, etc.

Mas depois de ler o artigo eu pensei em como um designer pode ter uma identidade visual sem necessariamente ter uma marca mas sim utilizando outros elementos não tão óbvios como costumamos ver em logos. Tenho certeza que isso é possível mas acredito que a marca tem um impacto mais forte no contato com clientes e outros profissionais, acredito que um bom logo já diz muito sobre seu trabalho e qualidade profissional e por isso é tão comumente usada pelos designers na concepção da sua identidade visual.

Acredito que a reflexão é positiva pois pode nos levar a novas idéias, estimular a criatividade e gerar propostas novas para nossos projetos.

E você tem uma opinião diferente? Acha que o designer deve possuir uma marca gráfica? Deixe seu comentário e mostre seu ponto de vista.

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
5 desafios de carreira que todo designer enfrenta

5 desafios de carreira que todo designer enfrenta

Veja nesse artigo alguns desafios que os designer normalmente enfrentam em sua carreira.
Qual a melhor plataforma para desenvolver meu portfólio online?

Qual a melhor plataforma para desenvolver meu portfólio online?

Nesse artigo vamos responder a essa questão e te mostrar algumas opções para você criar o seu portfólio online de…
8 Dicas de Produtividade para Designers Gráficos

8 Dicas de Produtividade para Designers Gráficos

Aprende nesse artigo 8 maneiras de deixar seu trabalho como designer gráfico mais produtivo.
Os designers gráficos podem competir com o crowdsourcing?

Os designers gráficos podem competir com o crowdsourcing?

Será que esse tipo de concorrência pode prejudicar os designers gráficos? Nesse artigo vamos levantar essa questão.
Fechar Menu