Como fazer uma sketch de qualidade

Mesmo que você seja um designer que não trabalha com ilustração, uma hora ou outra terá que desenhar, mesmo que seja apenas para representar uma ideia para seu cliente ou quando estiver criando diferentes opções de solução para um determinado projeto.

Algo que agrega bastante valor e ajuda na construção do conceito do seu projeto são as sketchs, também chamadas de esboços. É muito mais interessante quando vemos num portfólio um trabalho que apresenta as sketchs que foram desenvolvidas até ser encontrada a solução adequada para o projeto.

Porém tão importante quanto desenvolver sketchs é que você crie sketchs atraentes, e nesse post vou te dar algumas dicas que gosto de utilizar na criação dos meus esboços.

1 – Desenhe apenas o essencial

O objetivo principal da sketch é transmitir uma ideia ou o conceito de um projeto ou ilustração, sendo assim você não precisa desenhar todos os detalhes dela. A exceção é quando você utiliza a sketch como base para uma vetorização, aí sim nesse caso você desenha com o máximo de detalhes e já preparando para a digitalização.

Mas no caso que estamos tratando nesse post fica muito mais interessante quando a sketch fica um pouco “inacabada”, coloquei esse termo entre aspas por que desenhar uma sketch não é simplesmente desenhar algo sem finalizar.

Como disse no começo você precisa desenhar o essencial para transmitir sua ideia, avalie seu esboço constantemente e veja se a proposta está ficando clara, deixe algumas partes do desenho apenas com a silhueta ou com um preenchimento parcial por exemplo.

Esse aspecto deixa a sketch com aquele charme de desenho feito à mão, feito de forma rápida durante seu processo criativo.

2 – Utilize lápis de cor

Algo que gosto muito de fazer em minhas sketchs e que sempre recomendo, é que você comece seu desenho utilizando lápis de cor.

Essa é uma técnica bastante utilizada na criação de histórias em quadrinhos mas que acabei trazendo para meus esboços em design gráfico e ilustração.

O traço colorido além de poder ser eliminado quando o desenho é escaneado, deixa sua sketch com uma estética muito mais interessante do que quando é criada apenas com o traço do grafite.

Além de garantir um pouco de cor e beleza aos traços você ainda tem a vantagem de o lápis de cor ser menos chamativo quando utilizado junto com o grafite, isso acaba fazendo com que o desenho feito com o lápis de cor sirva principalmente como um “esqueleto”, facilitando a compreensão do seu desenho.

3 – Faça traços leves

Algo que ajuda bastante uma sketch a ficar esteticamente mais atraente são traços feitos com leveza. Os traços leves reforçam o aspecto de desenho feito de forma rápida conforme a ideia vai surgindo na mente.

Evite fazer traços muito fortes ou ficar traçando várias vezes sobre a mesma linha, isso deixa seu esboço mais grosseiro.

A dica aqui é sempre começar fazendo o “esqueleto” do seu desenho e ir acentuando o traçado aos poucos, lembrando sempre de desenhar apenas o essencial.

Quando você traça linhas muito fortes ou grosserias acaba perdendo o visual de que seu esboço foi feito de forma fluída e consequentemente perde um pouco da qualidade estética no traçado.

4 – Finalize com lápis de desenho

Depois de traçar com o lápis de cor e criar a forma geral do desenho, aí sim você pode começar a aplicar um pouco mais de detalhes utilizando o lápis de desenho ou a lapiseira.

Trace de maneira leve, consistente mas também de uma forma descontraída. Nessa etapa você já pode começar a colocar alguns detalhes na sua sketch mas lembre-se de não detalhar todo ele.

Você pode também fazer alguns preenchimentos e pequenos efeitos de luz e sombra.

5 – Utilize a caneta em alguns pontos

Finalize sua sketch com a caneta, eu particularmente prefiro as canetas nankim. Escolha alguns pontos bem específicos para aplicar a tinta como por exemplo o contorno do desenho.

Não recomendo que você preencha com tinta grandes áreas pois isso acaba tirando um pouco o charme do lápis, procure ressaltar as linhas finas e as silhuetas do desenho.

Aqui também vale a ideia de deixar um pouco “inacabado”, o objetivo não é você fazer a arte final do desenho e sim destacar algumas partes que sejam interessantes de serem apresentadas com a tinta.

Conclusão

Se você ainda não tem o hábito de fazer esboços eu recomendo que comece o quanto antes pois isso agrega bastante valor ao seu trabalho, tanto na parte criativa, já que você irá expressar melhor suas ideias, quanto na parte visual, uma vez que poderá mostrar esses esboços na apresentação do seu projeto.

Eu espero que essas dicas tenham sido úteis para você e que possam te ajudar a melhorar seus resultados criativos.

Compartilha com a gente aí nos comentários se você costuma fazer sketchs e como é o seu estilo de desenho quando faz esboços.

E se você quiser aprender um pouco mais sobre desenho, dá uma olhada no meu curso de Lettering Completo, lá falo bastante sobre desenho e tenho certeza que isso pode te ajudar bastante na criação dos seus próximos projetos.

Então é isso por hoje, vou ficando por aqui, até a próxima.

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Os mascotes e as marcas no design - Parte 1

Os mascotes e as marcas no design - Parte 1

Uma das saídas que empresas buscam no momento de criar sua identidade visual é a utilização de um mascote, mas…
Affinity Photo #4 - Abrindo imagens RAW

Affinity Photo #4 - Abrindo imagens RAW

Você pode abrir imagens raw de sua câmera digital diretamente no Affinity Photo. Ao fazer isso, você será capaz de…
Como vetorizar o seu lettering de forma rápida e fácil no Adobe Illustrator

Como vetorizar o seu lettering de forma rápida e fácil no Adobe Illustrator

Hoje vou compartilhar com vocês um dos primeiros vídeos do canal Corporação Criativa onde ensino sobre a vetorização automática feita…
Affinity Photo #3 - Abrindo documentos

Affinity Photo #3 - Abrindo documentos

Você pode abrir fotografias e imagens rasterizadas, bem como uma variedade de imagens raw de câmeras populares no Affinity Photo,…
Fechar Menu