9 Dicas para ter seu projeto nas galerias especiais do Behance

Se você utiliza o Behance, seja para inspiração, para download de fontes e mockups ou para exibir seus trabalhos, deve saber que alguns dos melhores projetos colocados na plataforma são exibidos em galerias especiais, as famosas galerias com curadoria do Behance.

Ter um projeto exposto nessas galerias é algo positivo para qualquer profissional já que seu trabalho ganha uma certa notoriedade, o que é bom tanto dentro da comunidade criativa quanto perante seus futuros clientes que verão que seu trabalho foi de certa forma bem avaliado perante a curadoria da plataforma.

Então se meu projeto não aparece nas galerias significa que ele é ruim?

Não! Calma! Se por um acaso nenhum de seus trabalhos apareceu ainda nas galerias do Behance, não significa que eles não são bons. Existem muitos trabalhos de grande qualidade na plataforma mas que não foram selecionados para exposição nas galerias.

Algumas vezes também acontece de o projeto ser bom mas não estar bem apresentado, e é aqui que vou te ajudar. No próprio blog do Behance são dadas algumas dicas que ajudam seu projeto a ser bem avaliado pelos curadores.

Vale deixar bem claro que isso não é uma garantia, afinal de contas alguns dos fatores observados pelos avaliadores são subjetivos, como por exemplo a originalidade do projeto, de qualquer forma essas dicas vão te deixar um pouco mais perto de ter seu projeto exibido nas galerias especiais do Behance e receber uma maior notoriedade para o seu trabalho, vamos à elas.

1 – Quantidade de imagens

Dificilmente um projeto com poucas imagens será selecionado para as galerias, geralmente seu projeto deve ter entre 6 e 20 imagens e é importante que elas não sejam repetidas. Quando estiver selecionando as imagens para expor seu projeto pergunte a si mesmo se ela vai agregar algo na apresentação ou se o que ela está explicando já não ficou claro em outra imagem.

Projeto de Eduardo Morgan Gaytán

2 – Qualidade das imagens

Procure utilizar imagens grandes e com boa resolução, preferencialmente em torno de 1400 pixel de largura. Evite também utilizar imagens com larguras diferentes, procure manter a consistência na largura das imagens em todo o projeto.

3 – Imagens limpas sem marcas

Preparar as imagens para serem utilizadas em seu portfólio é algo importante e que deve ser feito com atenção e cuidado. Retire quaisquer marcas que estejam sobre as imagens do seu projeto, como por exemplo marcas d’água, elas tiram a atenção do observador sobre seu trabalho.

4 – Projetos completos e finalizados

As vezes alguns usuários publicam projetos incompletos para apenas depois serem finalizados, obviamente que os curadores não tem como avaliar seu projeto a cada vez em que ele é editado, sendo assim publique seu projeto apenas quando ele estiver concluído.

5 – Imagem de capa

A imagem de capa é o primeiro contato entre as pessoas e seu trabalho, ela é a face do seu projeto, sendo assim tenha uma atenção mais do que especial na escolha da sua imagem de capa. Ela tem que ser chamativa e destacar a aparência do seu projeto.

Experimente colocar na capa uma imagem que apareça dentro da apresentação do seu projeto. Ela deve fazer com que as pessoas queiram clicar e ver mais sobre aquele trabalho. Evite colocar textos nela, você já tem muitos campos para colocar a descrição do seu trabalho através de textos.

6 – Categorias do projeto

O Behance possui mais de 60 categorias criativas e estão constantemente adicionando mais. Procure ser o mais específico na hora de determinar em qual categoria seu trabalho se enquadra.

7 – Explique seu trabalho

Não perca a oportunidade também de explicar o seu trabalho, cite coisas como por que você desenvolveu aquele projeto, que processos você utilizou, que resultados obteve, o que ele representa, etc. Tão importante quanto representá-lo bem visualmente, é importante também explicar corretamente o seu projeto de forma textual.

Sendo assim dedique um tempo para redigir um texto que seja interessante, mesmo que curto. Seja objetivo, não se esqueça que os curadores ainda tem muitos outros projetos para avaliar, então aproveite a atenção deles sobre seu trabalho e mostra que ele é digno de ser selecionado.

8 – Use as tags  certas e inclua sua equipe

As tags ajudam a fazer co que seu trabalho seja encontrado facilmente nas buscas feitas na plataforma, escolha elas com cuidado, não coloque tags em exagero ou que não tenham a ver com seu trabaho, apenas aquelas que realmente representam seu projeto. Se você realizou um trabalho em equipe, não se esqueça de adicionar os devidos créditos e a co produção.

9 – Ferramentas utilizadas em seu projeto

Aproveite o campo de ferramentas e explique quais recursos você utilizou para a criação do seu projeto, isso ajuda os visitantes a aprenderem um pouco mais sobre seu processo criativo e avaliem melhor seu trabalho. Cite os softwares que utilizou, equipamentos, materiais gráficos, etc.

Conclusão

Algumas coisas importantes que também devem ser citadas é o seguinte, todo trabalho publicado pode ser indicado para as galerias, ou seja, você só precisa publicar seu projeto e aguardar que ele seja avaliado e caso seja indicado não se preocupe que você será receberá uma notificação.

Também é importante destacar que a repercussão do seu trabalho na comunidade também ajuda na hora de ele ser avaliado, ou seja os comentários e o numero de visualizações e curtidas que ele recebe. Obviamente que isso não é imprescindível porém ajuda. Sendo assim busque meios de divulgar seu trabalho porém sem fazer spam ou aquelas estratégias desagradáveis de ficar pedindo curtida nos comentários de outros perfis. Dá uma olhada nesse post para aprender como divulgar corretamente o seu portfólio no Behance.

Quais dessas dicas você aplica na hora de apresentar seus projetos no Behance? Compartilha com a gente nos comentários.

Aproveita que estamos falando de Behance e me segue lá, me manda um oi e vamos criar conexões! Não se esquece também de dar uma conferida no meu curso de Lettering Completo na Suíte Criativa e vem aprender a criar as suas próprias letras e elevar seus projetos para outro nível.

É isso aí, hoje eu vou ficando por aqui, até breve.

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Como encontrar novos clientes?

Como encontrar novos clientes?

Um dos principais problemas quando se trabalha como freelancer é a instabilidade, em um mês você pode estar trabalhando como…
Diversificando sua fonte de renda como freelancer

Diversificando sua fonte de renda como freelancer

Se você já tentou trabalhar como designer freelancer sabe que esse é um dos maiores desafios que pode encontrar em…
5 dicas rápidas para você aplicar em seu portfólio digital hoje mesmo

5 dicas rápidas para você aplicar em seu portfólio digital hoje mesmo

Um bom portfólio digital de design deve ser construído de forma estratégica para atrair a atenção do seu futuro cliente,…
Portfólio no Behance - Criando uma biografia profissional

Portfólio no Behance - Criando uma biografia profissional

Uma das melhores ferramentas online e gratuitas que existe em benefício dos profissionais criativos é o Behance. Nele você pode…
Fechar Menu