5 dicas para fotografar na rua

A fotografia de rua é um gênero que vai muito além de simplesmente sair por aí andando com uma câmera na mão e ir tirando foto de tudo que vê pela frente. Ela é mais do que isso, é preciso que haja um planejamento aliado a sensibilidade e principalmente um objetivo.

Um livro excelente que trata sobre esse tema que para muitos parece algo simples, é o livro “A prática da fotografia de rua” de Glauco Tavares e que é uma publicação da Editora GG Brasil, nesse livro ele descreve vários tópicos importantes referentes ao gênero de fotografia de rua.

Entre esses vários tópicos eu gostaria de destacar 5 dicas importantíssimas para quem pretende fazer fotografia de rua e que podem ajudar bastante para que você consiga tirar fotos melhores quando estiver imerso nesse ambiente complexo e vivo que é a rua.

1 – Sensibilidade e estado de presença

Como disse Henri Cartier-Bresson: “Fotografar é por na mesma linha de mira a cabeça, o olho e o coração.” Sendo assim esteja em constante estado de alerta e atento a tudo que acontece em sua volta.

São dessas situações cotidianas e aparentemente sem importância que surgem situações incríveis que são dignas de serem registradas.

2 – Ter paciência

Esse com certeza é um dos principais atributos que um fotógrafo de rua deve ter. Você pode optar por ficar caminhando em busca da cena ideal a ser capturada, porém ficar parado também pode lhe render boas fotografias.

O importante aqui não é a quantidade de fotos e sim a qualidade delas e para conseguir fotografia de qualidade é preciso ter paciência, afinal de contas nada ali é ensaiado e você precisa esperar até que o momento certo apareça.

3 – Seja discreto nos movimentos

Se tem algo que um bom fotógrafo de rua precisa ter é sutileza nos movimentos, isso sem dúvida é fundamental para conseguir cenas espontâneas, sem que você interfira nelas de forma negativa. O bom fotógrafo de rua é como um maestro que conduz a cena, sabendo a hora de apertar o passo ou de deixar com que ela aconteça.

Procure não chamar a atenção com movimentos bruscos, seja sutil no caminhar e até mesmo quando tiver que correr para pegar o melhor ângulo ou o melhor posicionamento, lembre-se que você precisa ter qualidade e não quantidade e de nada adianta captar uma cena que tenha perdido a espontaneidade por causa de seus movimentos espalhafatosos.

4 – A forma de se vestir

Tão importante quanto movimentos discretos são suas roupas que também devem colaborar para que você passe despercebido na rua. As cores e o tipo de roupa que você usar também devem ser adequados ao local. Na hora de escolher suas roupas procure utilizar tons mais neutros pois isso contribui para que você fique “invisível” na cena.

5 – Intuição

Caminhe pelas ruas com inteligência, sabendo o que você está procurando mas também deixando se guiar pela sua intuição. É ela quem, na maioria das vezes, vai apontar onde está o momento inusitado da próxima fotografia.

A intuição é sua maior aliada na fotografia de rua, de nada adianta ter uma máquina fotográfica de última geração se sua intuição não está em sintonia com seu olhar.

Estude previamente o lugar que vai fotografar, conheça o cotidiano dos eventos que acontecem ali, porém esteja atento para aquilo que não pode ser planejado nem previamente calculado, tenha o olhar sensível para as atitudes, expressões, ruídos, etc, Dessas pequenas coisas podem surgir momentos únicos.

Conclusão

Fotografia de rua é um gênero incrível que tem uma beleza fantástica justamente por conseguirmos nos ver naquilo que é retratado, por ser espontâneo, sem ensaio ou preparação, e por mostrar de uma forma diferente as coisas que sempre estiveram diate dos nossos olhos.

Espero que esse artigo te ajude a saber como conseguir fotos de maior qualidade quando for retratar a rua e que isso te ajude em seu trabalho afinal de contas esse gênero exige uma habilidade especial do fotógrafo já que ele está em um ambiente completamente imprevisível em que ele não tem controle total.

E você por acaso já teve a oportunidade de fotografar na rua? Compartilha com a gente nos comentários como foi sua experiência.

Antes de me despedir só quero te lembrar de dar uma passadinha nos outros projetos do Clube do Design, o Clube do Design PRO e a Suíte Criativa, tenho certeza que um desses projetos vai te interessar e te ajudar a alavancar a sua carreira.

Vou ficando por aqui, um grande abraço e até o próximo post.

Compartilhe este artigo:

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Breve história da fotografia - Review

Breve história da fotografia - Review

Assim como qualquer outro campo profissional, é importante que você conheça um pouco da história da área em que você…
16 dicas para ser um grande fotografo

16 dicas para ser um grande fotografo

Nós já falamos bastante sobre como se preparar para tirar melhores fotografias, com artigos e tutoriais sobre o tema. Se…
Fechar Menu