Os 5 maiores erros que os iniciantes em design acabam cometendo!

Obter seu primeiro papel de designer júnior é um momento emocionante; Você atuou em sua entrevista de trabalho e pegou um pé na escada dos designers, e certamente um caminho está pronto. Cuidado, porém; você não quer se decepcionar com suas perspectivas de carreira, logo no começo.

Este é um texto traduzido da Creative Bloq. Para ver o artigo original clique aqui.

Como uma visão periférica do que vem acontecendo por aí, aqui estão cinco erros comuns que você vai desejar muito evitar

Não seja possessivo!

Não há necessidade, certo?

“Nós sempre dizemos às pessoas que não queremos designers preciosos”, diz Ben Jory, fundador e diretor criativo da Jory & Co. “Nós não queremos contratar pessoas que vão dizer:” Esta é a minha ideia e quero me apropriar disso “. Não há nada pior do que um designer precioso “.

Quando você trabalha para um estúdio, não é apenas sua a ideia – é de todos, o trabalho é conjunto.

Aos Desligados de plantão: cuidado!

“É difícil dentro de um estúdio ocupado, você informar coisas a alguém e eles simplesmente não ouvirem o que você disse”, diz a diretora da Design Culture Kristen Streten.“É incrivelmente frustrante para um gerente, em qualquer ponto da linha, se você não está tomando notas, não ouvindo o que precisa e sem fazer perguntas”.

Por mais óbvia que possa parecer uma pergunta, é melhor verificar do que fazer uma tarefa errada, ela observa.

Ocultar Erros

Todo mundo comete erros; só levante e assuma quando cometer um também

O trabalho superficial não é nada bom para seus empregadores ou seus clientes. Pode ser difícil lembrar disso quando você estiver trabalhando sob pressão, mas cumprir um prazo não significa que a qualidade saia ruim. No entanto, todos são humanos.

Se você cometeu um erro e não consegue resolver, conte a alguém sobre isso de imediato, para que possa ser consertado a tempo. Provavelmente eles vão apreciá-lo.

Abra seu coração!

Cada tarefa é uma oportunidade de aprendizagem

“Lembro-me de ter dificuldade em não ter mais responsabilidade. Eu estava realmente pronto para ir”, diz Streten, lembrando o início de sua carreira.

“Você se sente tão capaz e tão energizado – mas você tem que entender que todos nós estivemos lá, todos nós fomos juniores em uma empresa e tivemos que fazer essas tarefas. Você ficará surpreso com o que se aprende enquanto você “está fazendo isso”. 😉

Excesso de compartilhamento!

Conte até 10 antes de compartilhar um discurso de trabalho on-line.

Tenha muito cuidado com o que você publica online. Uma coisa é retweetar o último projeto do estúdio, mas outra bastante diferente é dizer qualquer coisa que possa violar a confidencialidade de seu estúdio, ofender clientes ou apenas fazer você parecer mal.

Este é um texto traduzido da Creative Bloq. Para ver o artigo original clique aqui.

Sempre trate as mídias sociais como um cartão postal que viaja através da mesa do seu gerente – suponha que eles possam ler tudo sobre isso, juntamente com todos os outros.

Compartilhe este artigo:

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Como dar desconto por volume de itens?

Como dar desconto por volume de itens?

Uma das situações bem comuns de acontecerem quando trabalhamos como freelancers é o cliente nos pedir desconto quando ele solicita…
5 Coisas que atrapalham seu sucesso como freelancer

5 Coisas que atrapalham seu sucesso como freelancer

Trabalhar como freelancer é um grande desafio, uma série de pontos importantes devem ser bem trabalhados para que o designer…
Não tenho projetos prontos! Como monto um portfólio?

Não tenho projetos prontos! Como monto um portfólio?

Logo que você decide iniciar sua carreira como designer gráfico, ilustrador, arte finalista ou qualquer outra área criativa, uma das…
Organização e produtividade

Organização e produtividade

Acredito que um dos maiores desafios de quem trabalha como designer freelancer é manter seu local de trabalho organizado. Algumas…
Fechar Menu