Conheça Inspirarte: A plataforma digital criada pela Faber-Castell

A plataforma digital Inspirarte, idealizada pela Faber-Castell, permite o aprimoramento de técnicas, estilos, com tutoriais e dicas criativas para trabalhos artísticos. O projeto tem o objetivo de estimular a criatividade de profissionais, estudantes, amadores e entusiastas das artes ao mesmo tempo em que cria uma comunidade virtual que incentiva a conexão dos autores e o compartilhamento das obras.

Desenhistas, ilustradores, caligrafistas, artistas plásticos, cartunistas, sejam profissionais, estudantes e interessados em aprimorar suas habilidades artísticas podem ter acesso ao conteúdo separados por categorias. O usuário escolhe, de forma intuitiva, o tema que deseja visitar e se aprofundar. Além de poder acompanhar as atualizações de todos os artistas que segue.

Para criar um perfil e uma galeria virtual, o usuário precisa fazer um cadastro, que é totalmente gratuito. Dessa maneira, suas criações autorais ficarão disponíveis na plataforma. O conteúdo exposto também pode ser compartilhado nas redes sociais. Toda semana o Inspirarte seleciona um artista da plataforma para ter sua galeria apresentada em evidência na homepage e também na seção Destaque.

Por meio do conteúdo disponibilizado na plataforma é possível ter acesso a dicas e ideias de técnicas como lápis e carvão, óleo, aquarela, caligrafia, guache, papel arte, stencil e grafitti, giz, canetas e nanquim, entre outras. Todas as criações dos artistas estão classificadas por estilos e técnicas a fim de facilitar a visualização dos usuários. Entre os estilos, é possível encontrar pontilhismo, quadrinhos, moda, doodle, mangá e animé, ilustração digital, livros de colorir, zentagle & mandala, entre outros.

A plataforma reúne também conteúdos disponíveis na web, organizados e apresentados de uma maneira rápida e intuitiva, para que artistas amadores ou profissionais possam aperfeiçoar ou descobrir novas formas de criar e produzir arte. No Inspirarte, os usuários contam ainda com uma loja virtual da marca para facilitar a localização dos produtos usados nas técnicas.

De acordo com Eduardo Ruschel, diretor de Marketing e Inovação da Faber-Castell, a plataforma Inspirarte nasceu para incentivar a criatividade, conectando a comunidade artística. “Está em nosso DNA estimular a criatividade em todos os públicos, crianças e adultos, profissionais e amadores. Queremos unir o conceito da marca de ideias feitas à mão com a realidade de um público conectado digitalmente, facilitando a livre produção de arte”.

Há mais de dois anos, a Faber-Castell adota o conceito de ideias feitas à mão, que retoma o valor da escrita no papel e da importância do desenhar e pintar nas diversas faixas etárias, reforçando o posicionamento da marca como a companhia para toda a vida do consumidor. Mas a conexão direta à criatividade, educação e arte está presente na companhia desde a sua fundação, há 256 anos. Todas as linhas de produto reforçam a responsabilidade na formação do indivíduo por meio do desenvolvimento da criatividade, com um portfólio diversificado para atender crianças na fase pré-escolar, escolar, universitários, profissionais e interessados em projetos artísticos.

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Como organizar seu desktop?

Como organizar seu desktop?

Você já viu uma tela de computador lotada de atalhos e arquivos formando uma verdadeira bagunça visual que não dá…
O MMA no design

O MMA no design

Um dos assuntos mais comentados hoje em dia em todas as mídias, com certeza é o MMA (mixed martial arts)…
Como um freelancer pode organizar as finanças pessoais?

Como um freelancer pode organizar as finanças pessoais?

Dicas que vão te ajudar a organizar seus recursos e evitar os riscos da instabilidade financeira.
Será que todo designer precisa de uma marca gráfica?

Será que todo designer precisa de uma marca gráfica?

Nesse artigo gostaria de falar sobre um post que li certa vez e que me deparei com essa questão. Depois…
Fechar Menu