Produção Gráfica #20 – As cores no processo sem retículas

A Flexografia é um processo de impressão gráfica em que a fôrma, um clichê de borracha ou fotopolímero, é relevográfica, algo muito parecido com um carimbo rotativo gigante, que falaremos em mais detalhes adiante nesta série.

O sistema pode ser considerado como um “bisneto” do carimbo. Usa-se tintas líquidas altamente secativas, a base de água, solvente ou curadas por luz UV ou feixe de elétrons.

la-foto-4

Por causa do método um tanto quanto rústico, é muito difícil a utilização de policromias. Embora o recurso de reticulagem seja poderoso, não é possível utilizá-lo em todos os processos de impressão, como é o caso de serigrafias e flexografia.

Nestes processos a cor que será impressa corresponde exatamente a cor que a tinta possui. Se você quiser estampar com letras vermelhas em uma camiseta, terá de usar tinta vermelha. Caso você precise de uma nova cor, uma nova tela/impressão precisará ser feita e uma nova cor de tinta usada.

serigrafia

Na flexografia é comum utilizar máquinas que são capazes de imprimir em até 8 cores diferentes, e na serigrafia existem dispositivos que permitem utilizar várias telas ao mesmo tempo, conhecidos como “aranhas”.

Um exemplo de "aranha" para serigrafia
Um exemplo de “aranha” para serigrafia

Embora não seja recomendado, é possível utilizar retículas, porém, na maioria das vezes o recurso só pode ser aproveitado para retículas muito grandes, com pontos facilmente visíveis a olho nu. A simulação do meio-tom é deficiente, a não ser que seja observado de longe, sendo a retícula algo muito mais parecido com a impressão a traço do que o meio-tom propriamente dito.

A flexografia é amplamente utilizada na produção de embalagens, e tem evoluído bastante quanto ao processo de reprodução de retículas. Já é possível encontrar máquinas de impressão flexográficas capazes de reproduzir meios tons com maior precisão.

Assista abaixo um vídeo falando sobre o processo em mais detalhes.

Pra não perder o costume, alguns links para você continuar estudando:

Não deixe de visitar os demais artigos da série Produção Gráfica e de acompanhar as próximas atualização.

Compartilhe este artigo:

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Affinity Photo #4 - Abrindo imagens RAW

Affinity Photo #4 - Abrindo imagens RAW

Você pode abrir imagens raw de sua câmera digital diretamente no Affinity Photo. Ao fazer isso, você será capaz de…
Como vetorizar o seu lettering de forma rápida e fácil no Adobe Illustrator

Como vetorizar o seu lettering de forma rápida e fácil no Adobe Illustrator

Hoje vou compartilhar com vocês um dos primeiros vídeos do canal Corporação Criativa onde ensino sobre a vetorização automática feita…
Affinity Photo #3 - Abrindo documentos

Affinity Photo #3 - Abrindo documentos

Você pode abrir fotografias e imagens rasterizadas, bem como uma variedade de imagens raw de câmeras populares no Affinity Photo,…
Como criar um lettering em 8 passos

Como criar um lettering em 8 passos

Que tal aprender mais uma técnica para o desenho de lettering? Nesse vídeo eu vou te ensinar como desenvolver um…
Fechar Menu