Branding: Ser mais um, é ser um a menos

Ser único, ser especial, ser outro, se destacar, definitivamente ser diferente dos demais. Este é o objetivo de qualquer marca, seja de um produto, de uma empresa ou a nossa marca pessoal. É isso o que você deseja quando está prestes a lançar um novo produto ou um novo serviço.

As marcas nasceram para diferenciar um produto de outro, para identificar o que fazemos diante dos demais, para dar valor à nossa própria identidade. Porém, o conceito de branding e de marca tem evoluído nos últimos anos, tanto que não servem apenas para “ser diferente”.

Ser diferente pode significar ser o palhaço da festa, ou o mais introvertido e caladão, ou o que veste a roupa mais extravagante em um casamento, entretanto, ser diferente não é necessariamente ser melhor.

Ser diferente é sinônimo de ser singular, porém, o singular não tem a mesma importância pra todo mundo. Por isso, existem outros fatores que fazem a sua marca se destacar das demais, e a faz ser importante. Isso significa que ela gera valor.

Diferenciação, relevância, credibilidade, conexão, resposta e alcance. Estes são os seis fatores que uma marca deve ser capaz de cumprir para se tornar uma grande marca. E os seis fatores que todos deveríamos levar em consideração na hora de construí-la. Vejamos o que cada um deles significa:

A diferenciação é a capacidade de ser diferente da concorrência, encontrando uma vantagem competitiva única, própria, através de mensagens, códigos, canais de comunicação.

A relevância é a capacidade de ser importante para a vida das pessoas. Quando somos capazes de engajar as necessidades e as motivações do nosso público alvo. Quando o seu produto ou serviço vem à mante do seu público imediatamente, quando eles precisam resolver um problema.

Ter credibilidade é ter capacidade de conectar a sua proposta de valor com a realidade do produto. É ser convincente não só da boca pra fora, mas demonstrar que o que você diz, é o que você realmente oferece.

A conexão é a sua capacidade de se envolver o público alvo com a sua marca, de gerar interesse, interação e recompensa. Quando mais o seu público se sentir conectado com a sua marca, maiores e mais intensos serão os fatores anteriores.

Ter resposta é cumprir o que a marca promete da forma que o público alvo espera. É quase que um paralelo com a credibilidade.

O alcance deve ser flexível, para satisfazer todas as necessidades que o público pode ter, crescendo em solução.

Quando nos deparamos com a construção de uma marca, seja para um novo modelo de negócios ou para um que já existe, devemos ser capazes de pensar nestes seis fatores e determinarmos como vamos agir.

Quais implicações estes fatores devem ter em nossos produtos, ofertas, mensagens, estratégias de comunicação, propostas de valor, identidade, tom verbal, linguagem visual, comportamento, etc.

Responder a estas seis questões e avaliar as implicações que terão em nós e em nossos produtos, comunicação, canais e comportamentos, nos ajudará a moldar a identidade adequada para a nossa marca, sua proposta de valor e personalidade.

É mais um daqueles processos que envolvem mais o senso comum do que o conhecimento exato, mas nos ajuda a focar na estratégia de uma marca. É uma maneira de obter respostas a partir da parte mais exposta da marca, ao invés de seu processo interno.

Para aqueles que são novos em branding ou que estão começando a empreender, é uma maneira simples de refletir sobre o que a sua fórmula ideal deve possuir, pensa-la de forma tangível, compreensível e ativa.

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Como fazer um cartão personalizado

Como fazer um cartão personalizado

Aprenda nesse tutorial como criar um cartão personalizado de forma fácil.
Como organizar seu desktop?

Como organizar seu desktop?

Você já viu uma tela de computador lotada de atalhos e arquivos formando uma verdadeira bagunça visual que não dá…
Affinity Photo #11 - Usar Sobreposições

Affinity Photo #11 - Usar Sobreposições

As ferramentas Sobreposição podem ser usadas juntamente com o painel Sobreposições para que você possa aplicar ajustes padrão em áreas…
Praticando Caligrafia e Lettering

Praticando Caligrafia e Lettering

Nesse vídeo que fiz em meu canal Corporação Criativa eu faço algumas demonstrações sobre criação de caligrafia e lettering com diferentes canetas.…
Fechar Menu