Tipografia básica: Introdução

Bem-vindo à mais nova série de artigos do Clube do Design. Na verdade, é o começo de toda uma nova fase que você vai começar a perceber a partir de agora. Há algum tempo eu dei uma bela freada nas publicações e me retirei para meditação. Reagrupei as ideias, refiz alguns planos e ajustei algumas coisas que precisavam de atenção, mas que acabaram ficando de lado por causa da correria do dia a dia.

Com objetivos traçados e bem definidos o Clube do Design volta a partir de agora com publicações dedicadas ao aprendizado. Você poderá acompanhar artigos semanais que te mostrarão conceitos, teorias e estudos voltados à profissão criativa. A partir de agora você terá um site voltado para o ensino e também para o aprendizado.

Não que isso vá mudar drasticamente a maneira com que você usa o Clube, mas a partir de agora a prioridade é trazer conteúdo que ajude você a aprender mais sobre design e suas vertentes. Claro que ainda teremos artigos de inspiração, downloads e todas as coisas que eu sei que você gosta.

Tipografia básica: Introdução

Dito isto, deixe-me lhe apresentar a nossa primeira série que se dedicará a um assunto primário que envolve a profissão do designer, a Tipografia. Esta será uma mini-série que vai te mostrar a teoria e a prática por trás dos tipos.

tipografia capaEsta série é inspirada no excelente livro Tipografia, de Gavin Ambrose e Paul Harris, que li há algum tempo e plantou em mim esta vontade de escrever sobre o assunto. O livro fala de uma maneira bem simples e fácil de entender, sobre os principais conceitos da tipografia, conta um pouco da história dos tipos, fala sobre a estrutura, a classificação e também orienta sobre como você pode usar os tipos.

O que seria de nossos trabalhos sem os tipos? Não dá pra imaginar um cartaz sem letras, um website sem textos, assim como não dá pra imaginar a comunicação sem a linguagem escrita e o uso dos tipos.

Se você tiver aí algum dinheirinho sobrando, vale a pena investir! O livro faz parte de uma série chamada Design Básico que conta com livros obrigatórios para qualquer um que pretenda aprender sobre design, e está disponível em várias livrarias, separei alguns links para te ajudar a chegar mais rápido.

O que é tipografia

A tipografia é o processo de criação e composição de textos, seja física ou digitalmente. Como no design, a tipografia deve ser trabalhada levando em consideração diversos fatores que influenciam no resultado final de um projeto. Através da tipografia é possível criar expressão e dar voz a um projeto gráfico.

Tamanho, classificação, família, espaçamento, posição em conjunto com outros conceitos básicos do design são aplicados igualmente á tipografia para dar consistência a um trabalho e atingir da maneira mais satisfatória o seu objetivo.

O termo tipografia era originalmente empregado para designar a técnica de impressão a partir de matrizes de madeira ou de metal fundido em alto relevo, cujos caracteres e imagens são compostos um a um, manualmente ou em linhas, por linotipia; imprensa. A tipografia tem origem etimológica na implantação da impressão por tipos móveis na Europa, a partir do século XV.

Tipos móveis ©Shutterstock
Tipos móveis ©Shutterstock

Com a evolução da tecnologia e obviamente a mudança dos processos de impressão e da construção de projetos que envolvam tipos, o termo acabou sendo adotado também no trabalho em meios digitais, como consequência, muitos termos utilizados para designar processos físicos hoje são utilizados no meio digital. Conheceremos sobre estas terminologias em um próximo post, mas é importante você conhecer pelo menos dois termos neste momento.

Tipo: Excetuando-se o seu uso na tipografia móvel, análoga, Tipo pode ser confundido com Fonte. O conjunto de caracteres (letras, números, símbolos, pontuações) que tem um design comum e distinto forma o tipo.

Fonte: É o meio físico utilizado para criar o tipo, seja ele código de computador, fotolito, metal ou gravação em madeira.

Como usar tipografia

As fontes tipográficas variam bastante e devem ser empregadas de acordo com o objetivo geral do projeto. Existem aquelas que são fluidas e são facilmente percebidas pelos olhos, proporcionando uma leitura agradável em textos muito longos. Há outras bem largas que causam um impacto visual instantâneo, muito comuns em manchetes de jornais e revistas, assim como há também as fontes tipográficas que tentam imitar a escrita humana, com letras cursivas e com ligações e curvas que lembram a escrita à mão.

Saber escolher o tipo certo para cada voz ou expressão que se pretende dar a um projeto é uma das coisas que você será capaz de fazer ao se aprofundar no estudo da tipografia. Perceba que isto vai além de estética, é um conjunto de elementos que transmite emoções a partir dos tamanhos, formas e disposição do texto sobre uma folha de papel, uma placa, um pedaço de madeira ou sobre uma tela, capaz de despertar diferentes reações em quem os observa, seja para melhorar a leitura de um texto seja para chamar a atenção e acentuar uma ideia.

Para que você entenda de forma prática o que denomino por voz e sobre a expressão que a tipografia pode implicar em um projeto, observe as duas placas abaixo:

Cuidado risco de atropelamento

Sem a necessidade de um conhecimento técnico prévio, qual das duas fontes empregadas nas placas seria a mais adequada ao tipo de mensagem que se pretende transmitir? A maneira como as letras são formadas e apresentadas altera a nossa percepção das ideias que elas estão retratando. Você não é a única pessoa a sentir que tem algo errado com a placa de cima!

Veja à seguir alguns links úteis para você se aprofundar um pouco mais no assunto.

  1. Tipografia básica para web
  2. Conceitos básicos de tipografia
  3. Introdução básica a tipografia
  4. Tipografia básica
  5. Tipografia: Noções básicas
  6. Fonte tipográfica
  7. Caractere, fonte, tipo, família… é o quê??
  8. Família tipográfica, tipo de letra e fonte tipográfica
  9. Glossário Tipógrafos

Não deixe de acompanhar esta série para aprender mais sobre tipografia. Nos próximos artigos vamos conhecer um pouco sobre a classificação dos tipos. Até logo!

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Este post tem 13 comentários

  1. Eu achei super interssante. Comecei a ver agora essa séria e ja gostei da primaira e gostei dos sites indicados sobre o assunto.

  2. Bom dia!
    Por isso gosto de vocês, repassam o conhecimento desde o início, indicam ótimas bibliografias, sem enrolação e com foco no assunto abordado.
    Parabéns!!!

    #seguindoAsérie

  3. É muito importante entender os conceitos que envolvem o uso da tipografia, quem se orienta só pela estética acaba correndo o risco de fazer escolhas equivocadas, principalmente pelo fato de existirem tantas opções disponíveis, acaba se tornando difícil fazer combinações coerentes quando não se tem um conhecimento mais aprofundado.

    1. É isso mesmo Flávio! Por vezes eu já fiz estas escolhas erradas. É muito importante saber qual fonte usar e por que usar. 😀
      Um abraço!

  4. Liute, muito bom esse material, parabéns! Vou seguir essa série, vai me ajudar muito nos trabalhos! Abraço.

    1. Hey Daniel! Você por aqui!!!! Hahahaa
      Que bom ver que você acompanha este trabalho!
      Um abraço cá da cidade do açaí!

  5. boa noite fiz uma compra porque gostei do seu vídeo de 2013 do corel draw no youtube
    de personalizado para festas me interessei agora gostaria de saber como faço para acessar?
    o nº do pedido é esse #32575 obrigado e espero resposta Magda M L Pena

    1. Olá Magda, tudo bem?
      Sua conta acabou de ser ativada. Se tiver qualquer problema me avise.
      Um abraço!

  6. Ai vem coisas boas, já tive aulas de tipografia e é um mundo gigante para se aprender sobre.
    Vou continuar seguindo o artigo, quero aprender e relembrar o máximo.

  7. Que bom que voltou Liute, e com uma ótima série de posts

    1. Muito obrigado Otacilio!
      Espero que goste do conteúdo desta série.
      Um abraço!

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Affinity Photo #4 - Abrindo imagens RAW

Affinity Photo #4 - Abrindo imagens RAW

Você pode abrir imagens raw de sua câmera digital diretamente no Affinity Photo. Ao fazer isso, você será capaz de…
Como vetorizar o seu lettering de forma rápida e fácil no Adobe Illustrator

Como vetorizar o seu lettering de forma rápida e fácil no Adobe Illustrator

Hoje vou compartilhar com vocês um dos primeiros vídeos do canal Corporação Criativa onde ensino sobre a vetorização automática feita…
Affinity Photo #3 - Abrindo documentos

Affinity Photo #3 - Abrindo documentos

Você pode abrir fotografias e imagens rasterizadas, bem como uma variedade de imagens raw de câmeras populares no Affinity Photo,…
Como criar um lettering em 8 passos

Como criar um lettering em 8 passos

Que tal aprender mais uma técnica para o desenho de lettering? Nesse vídeo eu vou te ensinar como desenvolver um…
Fechar Menu