Nova série + Posicionamento de marketing + infográfico

Há cerca de dois anos eu finalmente decidi entrar pra faculdade e conseguir um diploma na área de tecnologia. Comecei estudando Sistemas de Informação pela faculdade Estácio de Sá na modalidade à distância, a única maneira de estudar enquanto trabalho. Depois do primeiro semestre eu vi que aquilo não era o que eu queria e decidi abandonar o curso. Fiquei afastado da faculdade por 6 meses até retomar as aulas em um novo curso, o de marketing.

A escolha foi a melhor que eu fiz até hoje. Quando comecei a estudar pensei: “Isso aqui não tem nada a ver com o que eu faço”… estava enganado! O marketing é tão fascinante e tão importante para o profissional criativo quando saber gestalt, entender sobre cores ou tipografia. Através do marketing eu pude entender como as pessoas pensam, como se comportam e como reagem aos produtos que criamos e apresentamos a ela.

Já tentei iniciar uma série de artigos que falasse sobre marketing aqui no blog, mas infelizmente a disputa por outros assuntos era tão grande que eu acabei abandonado a ideia. Bom, acho que decidi voltar atrás e trazer um pouco do que eu aprendo pra vocês. Já estou no segundo ano, comecei o terceiro semestre à menos de um mês e já estou bem atrasado nas aulas, acredito que compartilhar com vocês o que eu aprendo será muito bom para eu fixar cada conceito e de quebra te ensinar um pouco também.

Posicionamento

Na última aula, mais precisamente na disciplina de Análise do comportamento do consumidor, aprendemos sobre a importância para o consumidor sobre o posicionamento de uma marca ou produto. Isto envolve a percepção e como o consumidor recebeu a mensagem que a empresa entregou a ele.

O posicionamento é a maneira com que o público identifica uma empresa, isso por que nós todos percebemos o mundo à nossa volta através de conceitos e atribuímos valores a estes conceitos.

Para criar posicionamento, uma empresa precisa diferenciar os seus produtos buscando atender as necessidades de cada pessoa de maneira personalizada. Hoje em dia ninguém mais quer ser atendido igual a todo mundo, as pessoas querem cada vez mais ser diferentes, e através do estudo do mercado e de como as pessoas se comportam, uma empresa pode oferecer seus produtos de maneira segmentada e que atenda exatamente a esta necessidade e diferenciação.

Essa diferenciação é alcançada pelo posicionamento adequado do produto ou serviço junto ao seu público.

As marcas podem usar recursos como produto, preço, serviços, recursos humanos e de imagem para obter forte diferenciação. Para isto ela deve levantar as seguintes questões básicas:

  • Quais as vantagens competitivas atuais e potenciais?
  • Quais os principais atributos de diferenciação disponíveis?
  • Qual o melhor posicionamento possível?
  • Como comunicar o posicionamento mais eficazmente ao mercado?

Os requisitos para se obter um posicionamento eficaz são exclusividade, importância e credibilidade. Mas como identificar quais pessoas podem adquirir um produto? E como saber qual vai ser o comportamento destas pessoas diante do que uma empresa pretende apresentar a elas?

Uma maneira simples e eficiente para identificar oportunidades de mercado e posicionar melhor seus produtos é montar uma matriz de posição com variáveis do mix de marketing. Quais as vantagens e qualidades que a marca oferece? Qual o público alvo, a classe social, o poder aquisitivo das pessoas que pretendemos atingir?

No exemplo de matriz de posicionamento acima você pode identificar como os potenciais clientes foram agrupados e para cada grupo de clientes foi atribuído um produto personalizado de acordo com as suas necessidades.

Os quatro eixos foram separados em: Veículos de 2 lugares (cima), luxuosos (esquerda), econômicos (direita), familiares (baixo). Note como é possível determinar quais as melhores opções de produtos para cada um dos grupos.

Assim foi possível, por exemplo, lançar no mercado o Porsche 911 para atender às pessoas que precisam de um carro de luxo, mas com apenas dois lugares. Um MiniCooper com apenas dois lugares, porém mais econômico. O BMW Tourer é um veículo de luxo para famílias, e o Volvo atende às famílias que procuram economia.

De uma maneira simples você também consegue avaliar e criar os seus próprios mapas de posição e desenvolver produtos mais atraentes de acordo com o seu público.

Assim como é possível determinar um posicionamento inicial, uma empresa pode avaliar as mudanças de mercado e adotar uma mudança de posicionamento. Oferecendo produtos diferenciados e que acompanhem a evolução das exigências das pessoas, a empresa se mantem firme e garante o sucesso de seus produtos.

Posicionamento no meio criativo

Você pode estar achando isso completamente sem ligação com o mercado criativo ou design, mas o conceito de posicionamento é tão aplicável aos seus projetos criativos quanto para um produto. Aliás, seu projeto não deixa de ser exatamente isto, um produto.

Quando você trabalha, por exemplo, em um projeto de marca, precisa entender o público do seu cliente e desenvolver uma marca que atenda as necessidades e expectativas deste público.

Nas etapas de pesquisa para o desenvolvimento de um logotipo, que é a parte, digamos, “visível” da marca, você já está levantando informações importantes para o posicionamento. As perguntas presentes do briefing mostram o que seria necessário para construir o seu mapa de posicionamento.

  • Qual o público alvo?
  • Qual mensagem o logotipo deve transmitir?
  • Quais cores atraem mais este tipo de cliente?
  • Que configuração de marca seria mais interessante para chamar a sua atenção?

Consegue perceber o quanto o marketing está ligado ao segmento criativo e como você pode usar as suas ferramentas para criar projetos ainda mais incríveis e que atinjam o objetivo esperado pelo seu cliente?

Satisfação

Não adianta adotar um posicionamento, se esforçar para atingir o público alvo cada vez mais específico e exigente se você não avaliar se ele está sendo efetivo.

Quando você estabelece suas estratégias de posicionamento e apresenta um produto ao mercado, cria expectativas nos consumidores e estas expectativas precisam ser atendidas. Você não pode dizer que tem um produto maravilhoso e no final das contas entregar um produto ou serviço de péssima qualidade.

O consumidor irá avaliar o seu produto ou serviço levando em consideração:

  • Necessidades pessoais
  • Experiência de compras anteriores
  • Promessas de concorrentes
  • Promessas de marketing (comunicações)
  • Comunicação boca-boca (amigos e colegas)

A partir desta avaliação o consumidor pode perceber o desempenho do seu produto/serviço da seguinte maneira:

  • Desempenho abaixo da expectativa: Insatisfação
  • Desempenho igual a expectativa: Satisfação
  • Desempenho além da Expectativa: Altamente satisfeito / encantamento

Case de exemplo

Um exemplo apresentado no final da aula foi o estudo de caso das Havaianas.

Havaianas é um dos casos de sucesso mais comentados no mundo dos negócios. Fala-se da propaganda com celebridades, da mudança de posicionamento da marca e do aumento do portfólio.

“As legítimas” começaram a ser fabricadas em 1962 pela Alpargatas. “Foi uma marca lançada para a classe média que, com o passar do tempo, todo mundo passou a usar e o resultado é que ela acabou se popularizando demais”.

A estratégia da Alpargatas para Havaianas foi provocar uma mudança drástica no mix de marketing.

  • Qual era e qual passou a ser o posicionamento da Havaianas?
  • Que impactos esta mudança ocasionou no negócio da empresa?

A sandália Havaianas era vista como um chinelo de borracha, conhecida como as legítimas – Que não tem cheiro, não soltam as tiras e não saem do pé. O novo posicionamento fez com que o produto passasse a ser percebido como artigo de moda.

A marca comunica sua diferenciação, com diversos modelos de sandálias, utiliza pessoas famosas formadoras de opinião em suas campanhas.

A empresa mudou toda a sua estratégia para cumprir a promessa da marca, o que então fez com que o chinelo deixasse de ser branco e passasse a ser colorido, com estampas, acessórios, diferentes formatos (básico).

Assim, o portfólio tornou-se mais extenso, com diferentes coleções, novos produtos da marca (Havaiana Baby, Havaiana Beach, Havaiana Brasil, Slim, Kids, Menina, Menino) e mais profundo, com muito mais opções dentro de cada coleção (numerações, Havaiana Monsters dentro da coleção Menino) e outras variações dentro de cada coleção e linha de produtos.

Inovou com loja conceito, lojas próprias, fez parcerias com marcas famosas para desenvolver uma linha premium voltada para um público mais seleto. Expandiu sua atuação além do mercado nacional e continua investindo em inovações para expandir os seus negócios.

Case de exemplo: Informações retiradas do slide de apresentação da professora Lúcia Silva Borges. Disciplina de Análise e Comportamento do Consumidor. Curso de Marketing. Universidade Estácio de Sá.

Infográfico: 10 coisas que você talvez não saiba sobre o consumidor

A ideia de começar este artigo partiu do infográfico que recebi da Infobase Interativa. O infográfico fala sobre as 10 coisas que você talvez não saiba sobre o consumidor.

O que esperar do seu público-alvo? Que ele faça o óbvio ou que o surpreenda completamente? Para quem trabalha com marketing digital ou simplesmente tem como ocupação vender, essas são perguntas fundamentais para ser bem-sucedido.

Nova série

Como eu disse no começo deste artigo, tive a ideia de falar sobre marketing ainda no ano passado, quando voltei a estudar, cheguei a publicar um artigo sobre as características e classificação de produtos. O artigo não teve uma aceitação tão boa, creio que por causa do nicho do blog e pelo tipo de conteúdo que as pessoas procuram ao visitar o Clube.

Então eu gostaria de pedir a você o seu feedback, o que você achou deste artigo que acabou de ler? Acredita que posso continuar publicando e escrevendo sobre marketing, trazendo exemplos de como estes conceitos podem ser aplicados ao mercado criativo?

Espero seus comentários abaixo.

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Este post tem 12 comentários

  1. Muito boa dica mesmo! Nos ajuda a entender melhor onde queremos chegar com desgn, faz entender com clareza qual o tipo de serviço o cliente em potencial espera ou deve ter para alcançar seus objetivos de vendas ou serviços em questão.
    Muito obrigado Liute. Espero que continue com mesmo com está série!

    1. Obrigado Vinicius! Com certeza vou trazer mais artigos legais sobre marketing enquanto eu estiver estudando.
      Uma braço!

  2. Sim, eu gostei muito do artigo. Achei interessantíssimo, trabalho como Social Mídia num Ateliê de Noivas na minha cidade e ler isso me abriu os olhos pra muita coisa. Amanhã já tenho um infógráfico pra discutir com meu chefe! 🙂

    Valeu mesmo, Liute!

    1. Valeu Lucas! Que bom que gostou do artigo. Desde que conheci o marketing me apaixonei. 😀
      Um abraço!

  3. Como foi dito durante o artigo, é algo que quem trabalha no meio criativo tem de ter vivo interesse.
    Afinal desenvolvemos uma das principais ferramentas do marketing, a comunicação visual. Aquilo que vai comunicar e influenciar a opinião do cliente.
    Parabéns Liute, e falando por mim, continue sim, será uma série de artigo muito boa.

    1. Exatamente Felipe! O marketing é uma poderosa ferramenta de apoio ao design, absorvendo e entendendo as características de nossos clientes e do público consumidor somos capazes de criar projetos inovadores e funcionais.
      Um abraço!

  4. Muito bom o artigo. Marketing é sempre um assunto bem interessante para expor.

  5. Parabéns Luitte, ótimo post sobre Marketing!! Gostaria de agradecer por seu excelente trabalho ter me ajudado a decidir o rumo em minha carreira. Acompanho seus vídeos que foram o ponto de partida dos meus estudos, sobre uma carreira freelancer e o Marketing. A partir dos seus hangouts passei a pesquisar em vários outros lugares a respeito de Marketing e o profissional autônomo. Acabei descobrindo minha profissão e estou entrando na faculdade, também a distância, em Marketing. E já estou com meus primeiros projetos em mãos, por enquanto no papel, fazendo as análises finais, mas logo estarão em pratica! (:

    Espero poder um dia te agradecer pessoalmente, quem sabe em algum evento por ai :p
    Mas por enquanto aqui fica meus agradecimentos,
    Muito obrigado!!

    1. Muito obrigado Arroyo 😀
      É uma satisfação saber que consegui te ajudar a decidir sobre a sua carreira.
      Um abraço!

  6. Muito bom seus posts e trabalhos Liute, sempre que sobra um tempinho eu gosto de dar uma olhada, Parabéns.

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
10 dicas de fotografia para ter sucesso no Instagram

10 dicas de fotografia para ter sucesso no Instagram

Não há como negar que o Instagram mudou a maneira como as pessoas se comunicam através de fotografias, hoje cada…
Comece a preparar-se para o mercado de Marketing Digital com este artigo

Comece a preparar-se para o mercado de Marketing Digital com este artigo

A demanda por profissionais capazes de se destacarem nos meios digitais – e, por consequência, destacarem também as marcas para…
Como criar um canvas no Facebook

Como criar um canvas no Facebook

Fala, galera! Primeiro vídeo que faço exclusivo para o Clube do Design, nele pela primeira vez eu saio um pouco…
Novidades nas reações do Facebook! Mas afinal, têm algum efeito?

Novidades nas reações do Facebook! Mas afinal, têm algum efeito?

OiOi! Se você anda vendo muitas notícias sobre as Reactions/Reações do Facebook, mas ainda não entendeu exatamente o que está…
Fechar Menu