Networking no exterior

Para os profissionais que trabalham com criação e internet, chegará um momento em que se perguntarão até onde podem ir. Nesse texto procuramos apontar caminhos e desafios para quem está em busca de mais expansão. Na internet não há barreiras! Ou há?

1 – Rompendo fronteiras

Conceito de negócios. Coragem do empresário ©Shutterstock

Por quase dez anos estive trabalhando com internet. Embora falasse inglês de forma fluente, ainda não havia ‘caído a ficha’ de como a internet aproxima o mundo inteiro. Na internet não existem fronteiras, elas estavam inseridas na minha mente escondidas por medos e inseguranças. Compartilhando um pouco dessas experiências, faço o seguinte questionamento: Como atravessar fronteiras?

“It’s about connecting the dots!”, disse Mr. Jobs na faculdade de Stanford.

Para nós, profissionais que operam no mundo virtual, ocorre de delimitarmos nossa área de atuação proporcionalmente ao que nos julgamos adequados a fazer. Podemos nos focar em um bairro, cidade, estado ou país expandindo para outros continentes, escapamos dessa forma de uma zona de conforto. “Não sei se meu trabalho é bom o suficiente para competir no exterior” é um exemplo de crença limitadora que não contribui para atravessar fronteiras.

A boa notícia é que existem clientes de todos os níveis com uma diversidade muito maior de budgets em qualquer lugar do planeta. Independentemente do nível de qualidade que seu trabalho apresente no momento, sempre existe o cliente compatível com o que você pode oferecer. Isso não é problema!

2 – Construindo uma imagem vendável

Conforme consolidamos um portfolio, mais e mais oportunidades se revelam. Um projeto se conecta a outro, um cliente o indica a outro e assim situações se desenrolam. É esse acúmulo de experiências que lapida nossa imagem comercial, nem sempre só de acertos mas de erros também…

Use os erros a seu favor! Não se prenda a eles!

Erros de comunicação em negociações onde terminamos em desvantagem nos preparam melhor para ter mais senso estratégico em futuras negociações. Erros na hora de calcular quanto tempo gastar em cada projeto aguçam o nosso senso de organização e expandem nossa precisão. As falhas e tropeços são fundamentais, são elas que trazem junto a oportunidade de redefinir METAS! “Na minha próxima negociação serei mais atento às possíveis falhas!”. Quando utilizamos o termo ‘imagem vendável’ nos referimos a cada pequeno posicionamento e afirmação, os clientes sentem nossa confiança e entusiasmo e isso os faz querer trabalhar com a gente! Uma ‘imagem vendável’ não é uma imagem superficial, mas sim reflexo de habilidades desenvolvidas ao longo do tempo através de falhas e mais falhas. Procuro fazer isso no meu website http://guibento.com.

3 – Evidência

Existem várias formas de se colocar em evidência: divulgação em sites de premiações, blogs, galerias, criar perfis em sites de freelancers, gerar rotatividade no seu portfolio. Unindo isso a um bom posicionamento no Google, sustentamos uma rotatividade constante de contatos, todos os dias serão uma supresa quando alguém de algum país inédito vier falar com você dizendo que aprecia o seu trabalho e deseja trabalhar com você! Cumprir o que se promete é fundamental para sua autoconfiança e confiança do cliente em você. Cada missão cumprida reforça nossa autoconfiança!

4 – Desafios

Empresário em frente a uma estrada deserta ©Shutterstock

Quando comecei a lidar fora do país, enfrentei vários desafios. O primeiro foi traduzir propostas para o inglês. Perdi meu primeiro cliente porque não estava seguro de como abordar ou quanto cobrar! Esse senso de direção só se adquire com tentativas e erros, esteja preparado para perder! Sempre haverão outras oportunidades a caminho… Também não sabia como cobrar alguém no exterior, quais ferramentas usar? Bem,hoje já sei que existe o paypal que é super prático porém cobra em torno de 6,5% pelo serviço. Existe a possibilidade de enviar uma fatura com os seus dados bancários e um código internacional, que todos os bancos tem, para que o cliente faça um depósito sem taxas adicionais. Existe a possibilidade de instalar o APP da Cielo no seu celular para receber com cartão de crétido. Descobrimos isso conforme nos deparamos com o dilema: “E AGORA? E AGORA?” Para algumas pessoas, falar inglês também pode ser um desafio e esse é um ponto crucial para alavancar seu networking. Utilizar a habilidade da comunicação para inserir confiança na mente do cliente é chave para que sua negociação seja efetivada ($)! Já houve casos em que o cliente falou: “Você parece bem otimista, bom não tenho nada a perder, vamos ver o que acontece, faço seu depósito hoje mesmo!” Tudo é muito bom e maravilhoso mas se no final das contas você não gerar renda para sustentar um bom padrão de vida com liberdade, onde ficou a graça?

5 – What is next?

Next? What is next? O que vem a seguir? Se você tem medo dessa pergunta e do que vem amanhã então é muito provável que essa vida não seja para você, ela é por demais surpreendente. Oque vem amanhã pode ser surpreendente, mas quem tem a chave para descobrir se será ou não é você. Conectar os pontos requer questionamento constante: Onde estou e onde quero chegar? A vida de freelancer pode parecer por demais promissora e isso é uma meia verdade, pois necessitamos empregar todas as nossas habilidades criativas, de comunicação, de conhecimentos técnicos e metodológicos para nos sairmos bem. Se esse é o seu perfil, ótimo! Conquiste seu espaço! Ele está aí para ser tomado! Mas se o seu perfil é mais direcionado à segurança e rotina, então essa porta provavelmente permanecerá fechada.

Seria demais ter o feedback de vocês e eu realmente gostaria de saber como tem sido as experiências de cada um nesse caminho abroad… conta pra gente?

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Este post tem 2 comentários

  1. Eu que agradeço amigo! Grande abraço!

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Como organizar seu desktop?

Como organizar seu desktop?

Você já viu uma tela de computador lotada de atalhos e arquivos formando uma verdadeira bagunça visual que não dá…
10 dicas para criar ícones impressionantes

10 dicas para criar ícones impressionantes

Hoje, vou falar um pouco sobre o design de ícones a partir de uma perspectiva mais geral. Vou compartilhar com vocês…
Criatividade – Como pensar fora da caixa?

Criatividade – Como pensar fora da caixa?

A criatividade com certeza é a matéria prima de todo bom projeto de design, é ela que estamos buscando constantemente…
Novidades para 2019 do Clube do Design

Novidades para 2019 do Clube do Design

O Clube do Design trás novidades que reforçam o nosso interesse em te ajudar a descobrir a sua profissão criativa.…
Fechar Menu