Diário de um arte-finalista #2 – A tal da sangria, e essa margem de segurança

Querido diário, hoje o dia começou muito bem aqui no escritório. Tirando o problema com a chave que se quebrou e tive que praticamente arrombar a porta para entrar está tudo em ordem. Sempre que volto à gráfica depois de passar dois dias diagramando o informativo para a fábrica de alumínio aqui da cidade tem vários trabalhos sobre a minha mesa esperando para serem finalizados, aprovados, enviados e confeccionados.

Hoje tenho que finalizar um cartão de visitas de um cliente. Ele será impresso digitalmente em nossa Konika Minolta à laser colorido. O cliente solicitou que fosse impresso em papel couchê 250 gramas, lembrando que seu cartão também é frente e verso.

Um trabalho até simples, já que o material já está pronto, não fosse aquele velho problema com a sangria. Mas o que seria esta sangria, que sempre é muito útil em um projeto, mas ninguém gosta de usar ou simplesmente nem sabe que existe?

Acho que vou ter que lhe explicar não é mesmo? Assim talvez as pessoas comecem a dar mais atenção pra este detalhe e comecem a usá-lo com mais frequência.

Adicionando área de segurança

Vejamos, a maioria das vezes recebo cartões de visitas feitos no padrão popular 9×5 centímetros, então meus clientes usam o tamanho total do papel para colocar suas informações de contato, logotipos etc. na maioria das vezes, como mostrado abaixo.

Vejamos, a maioria das vezes recebo cartões de visitas feitos no padrão popular 9x5 centímetros, então meus clientes usam o tamanho total do papel para colocar suas informações de contato, logotipos etc. na maioria das vezes como mostrado abaixo.

Observe que as informações (e-mail e logotipo) foram colocadas exatamente na margem do documento, não existindo qualquer espaço entre esta margem e o texto. Este espaço, chamamos de área de segurança e ele garante o mínimo de distancia possível entre informações importantes e a margem, para evitar que estas sejam cortadas no acabamento do cartão.

Quando imprimo um cartão uso sempre um papel grande, que me possibilite colocar várias unidades em apenas uma página. Depois, esta página será cortada no formato dos cartões, para então receberam o acabamento necessário. Imagine quando o pessoal do acabamento fizer o corte destes cartões, o que pode acontecer é exatamente o mostrado na imagem abaixo.

Observe que as informações (e-mail e logotipo) foram colocadas exatamente na margem do documento, não existindo qualquer espaço entre esta margem e o texto. Este espaço chamamos de área de segurança e ele garante o mínimo de distancia possível entre informações importantes e a margem para evitar que estas sejam cortadas no acabamento do cartão. Quando imprimo um cartão uso sempre um papel grande, que me possibilite colocar várias unidades em apenas uma página, depois esta página será cortada no formato dos cartões para então receberam o acabamento necessário. Imagine quando o acabamento fizer o corte destes cartões, o que pode acontecer e exatamente o mostrado na imagem abaixo.

Notou a beliscada que a lâmina deu na lateral do logotipo e do texto do e-mail? Cortou parte da informação e causou um desastre.

Então meu “papel” aqui é adicionar a área de segurança, e isso infelizmente precisa ser feito editando o cartão do meu cliente. Claro que eu preciso comunicar ele primeiro, mando um e-mail ou telefono pra ele e aviso: “-Olha, vou ter que editar um pouco seu cartão para que ele siga os padrões de impressão. Tudo bem?” então com o aval do cliente eu faço as edições necessárias.

O processo é muito simples, só precisamos estabelecer um espaço mínimo de 3 ou 5mm entre as informações e a margem do documento. Eu prefiro usar os 5mm para ter mais segurança. Você pode usar os recursos de guia, deslocamento, etc. para fazer isso no aplicativo que estiver editando.

O processo é muito simples, só precisamos estabelecer um espaço mínimo de 3 ou 5mm entre as informações e a margem do documento. Eu prefiro usar os 5mm para ter mais segurança. Você pode usar os recursos de guia, deslocamento, etc. para fazer isso no aplicativo que estiver editando.

O processo é muito simples, só precisamos estabelecer um espaço mínimo de 3 ou 5mm entre as informações e a margem do documento. Eu prefiro usar os 5mm para ter mais segurança. Você pode usar os recursos de guia, deslocamento, etc. para fazer isso no aplicativo que estiver editando.

Viu? Coloquei uma guia em cada lado do cartão e desloquei 5mm para dentro da imagem, depois apenas reposicionei o conteúdo ajustando ele aos limites da minha área de segurança. Destaquei a área abaixo para você entender melhor.

Viu? Coloquei uma guia em cada lado do cartão e desloquei 5mm para dentro da imagem, depois apenas reposicionei o conteúdo ajustando ele aos limites da minha área de segurança. Destaquei a área abaixo para você entende melhor.

Ok. Primeira etapa do processo concluída. Ainda falta alguma coisa. Adicionamos a área de segurança, isso impede que informações sejam cortadas. Nosso cartão precisa ter o tamanho final de exatos 9x5cm, então o acabamento terá de cortar exatamente no limite do plano de fundo do cartão, que tem exatamente o mesmo tamanho. Veja na imagem abaixo onde a lâmina cortará este cartão.

Ok. Primeira etapa do processo concluída. Ainda falta alguma coisa. Adicionamos a área de segurança, isso impede que informações sejam cortadas. Nosso cartão precisa ter o tamanho final de exatos 9x5cm, então o acabamento terá de cortar exatamente no limite do plano de fundo do cartão, que tem exatamente o mesmo tamanho. Veja na imagem abaixo onde a lâmina cortará este cartão.

Isso me trará outro problema, o corte não é 100% preciso, então podem ocorrer bordas brancas no meu cartão, principalmente porque ele possui um fundo totalmente colorido. Observe na imagem abaixo bordas brancas no lado direito e na parte inferior e superior.

Isso me trará outro problema, o corte não é 100% preciso, então podem ocorrer bordas brancas no meu cartão, principalmente porque ele possui um fundo totalmente colorido. Observe na imagem abaixo bordas brancas no lado direito e na parte inferior e superior.

Inserindo sangria

Para resolver este problema eu preciso adicionar a este cartão o que chamamos sangria. A sangria é uma área extra de plano de fundo, que poderá ser cortado no acabamento e evita estas margens nas laterais do projeto.

Geralmente a sangria é adicionada externamente, ultrapassando a área total do cartão deixando-o ligeiramente maior. Esta área então será eliminada no acabamento, garantindo a aparência continua do plano de fundo, sem as margens brancas mostradas na imagem anterior.

A sangria também pode ser de 3 ou 5mm, tem gente que usa só 2mm, depende muito do acabamento, se o cara lá for bom de lâmina você pode usar os 2mm, mas por via das dúvidas os 3mm são o mínimo que eu recomendo.

Para adicionar a sangria você só precisa expandir o plano de fundo, aumentando-o para fora das margens do cartão. Isso pode ser feito de muitas maneiras, use a que achar mais conveniente. Veja o exemplo abaixo.

O cartão tal como está.

Para adicionar a sangria você só precisa expandir o plano de fundo aumentando-o para fora das margens do cartão. Isso pode ser feito de muitas maneiras, use a que achar mais conveniente. Veja o exemplo abaixo.

Adicionei linhas guia, deslocadas 3mm além da margem do cartão.

Adicione linhas guia, deslocadas 3mm além da margem do cartão.

Redimensionei o plano de fundo até o limite das linhas guia.

Redimensionei o plano de fundo até o limite das linhas guia.

Abaixo, em verde, a área real do cartão. Esta área é o tamanho da página do documento (estou editando no CorelDRAW). A sangria foi adicionada apenas ao plano de fundo, isto é importante, pois os aplicativos consideram o tamanho da página no documento para inserir marcas de corte. Se eu aumentasse o tamanho da página a marca de corte seria inserida no local errado. Depois conversamos sobre as marcas de corte.

Abaixo está em verde a área real do cartão, esta área ainda é o tamanho da página do documento. A sangria foi adicionada apenas ao plano de fundo, isto é importante, pois os aplicativos consideram o tamanho da página no documento para inserir marcas de corte. Se eu aumentasse o tamanho da página a marca de corte seria inserida no local errado. Depois conversamos sobre as marcas de corte.

Veja abaixo como a imposição dos cartões será representada, e as marcas de cortes inseridas no momento da impressão.

Veja abaixo como a imposição dos cartões será representada, e as marcas de cortes inseridas no momento da impressão.

Não importa o aplicativo usado para este tipo de finalização ou o tamanho do projeto (cartão, flyer, cartaz), as regras são as mesmas, apenas alguns procedimentos podem parecer um pouco diferentes, mas de um modo geral tudo se aplica com as mesmas especificações que eu acabei de mostrar.

Bom, diário, acho que a partir de agora veremos menos projetos sem estes cuidados fundamentais, espero que de agora em diante eles sejam mais observados quando um cliente ou um designer enviarem seus projetos para impressão.

Até a próxima!

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Este post tem 0 comentários

  1. Muito bom, utilizo muito para imprimir cartões de visita, principalmente a parte de multiplicar e aproveitar espaço na folha no corel.

  2. Você é um ótimo professor!
    Amo suas aulas… Só consegui me cadastrar hoje no site já tinha tentado varias vezes.
    Site perfeito para mim que amo Design Gráfico.
    Parabéns, Liute!!!

  3. Quando eu corto na guilhotina ta saindo um merda.
    Quanto corto do lado perco a marcação das marcas de corte…. 🙁

    1. Use uma régua para traçar uma linha de uma marca a outra antes de começar a cortar, a folha de cima serve para isso, marque todas as áreas de corte e depois descarte quando terminar de cortar.

      1. Valeu pela dica….. Liute

  4. E a tal borda fina bem na lateral do cartão que muitos clientes insistem em colocar?

  5. Muito bom o post. Muito bem explicado entendi tudo. Ainda tinha duvidas sobre a sangria e margem de segurança, algora essas duvidas foram eliminadas. Ansioso pelo DIÁRIO DE UM ARTE-FINALISTA #3 a saga continua… kkkkkkkkkk Vlw Abração.

  6. Parabéns, como sempre você dá um show em suas explicações, este post está perfeito, muito bom mesmo…

  7. Prezado Liute, parabéns pelo execlente trabalho. Muito obrigado pelo post, muito importante me ajudou bastante aqui no meu trabalho.

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Os mascotes e as marcas no design - Parte 1

Os mascotes e as marcas no design - Parte 1

Uma das saídas que empresas buscam no momento de criar sua identidade visual é a utilização de um mascote, mas…
Manual do mundo mostra como são feitos os cadernos

Manual do mundo mostra como são feitos os cadernos

O Manual do mundo, um canal dedicado em experimentos e curiosidades publicou um vídeo mostrando como são feitos os cadernos.…
Como criar um lettering em 7 passos utilizando a caneta Tombow

Como criar um lettering em 7 passos utilizando a caneta Tombow

Você com certeza sabe que um trabalho com lettering pode enriquecer bastante o resultado final de seus projetos. Foi pensado…
Como apresentar um projeto em seu portfólio de forma prática

Como apresentar um projeto em seu portfólio de forma prática

Se você pretende trabalhar com Lettering e Caligrafia, ou mesmo com design em geral, é fundamental que saiba como apresentar…
Fechar Menu