5 incrivelmente úteis técnicas não destrutivas de Photoshop

Fluxos de trabalho não-destrutivos são vitais para ser um grande Photoshop Designer. No entanto, elas são muitas vezes ignoradas pelas pessoas. Pessoalmente, eu dificilmente aplicava técnicas não-destrutivas do Photoshop em meus trabalhos – para minha conta e risco! Depois de aprender estas técnicas meu fluxo de trabalho aumentou dramaticamente, e me tornei capaz de editar minhas imagens de maneira muito mais fácil depois de terminar as composições.

Posso ir mais longe, e dizer que estas técnicas têm sido as mais úteis na minha viagem para dominar o Photoshop. Muitos de vocês já até conhecerão elas, mas eu acho que é importante divulgar estas técnicas, mesmo que apenas alguns de vocês possam se beneficiar delas. Espero que você considere estas técnicas úteis, e que você possa fazer todo o seu fluxo de trabalho de maneira menos destrutiva.

1. Camadas de Ajuste

As camadas de ajuste têm obtido a atenção da imprensa ultimamente, e por boas razões. Elas são simplesmente inestimáveis se você é um usuário regular de Photoshop. Muito simplesmente, elas permitem que você aplique ajustes em suas imagens através de uma camada completamente editável. Isto significa que os ajustes são totalmente não-destrutivos, e podem ser alterados ou removidos a qualquer momento.

Para ativar a paleta das camadas de ajuste acesse Window> Adjustments.

1. Camadas de Ajuste

Isto exibirá o pop-up das camadas de ajuste, que se parece com a imagem abaixo. Você pode ver muitas opções de ajuste, tais como níveis, matiz / saturação, brilho / contraste, sobreposições de gradiente, sobreposições de cores, exposição etc… Você será capaz de lidar com quase todas as suas necessidades de edição de fotos apenas usando camadas de ajuste.

Isto exibirá o pop-up das camadas de ajuste, que se parece com a imagem abaixo. Você pode ver muitas opções de ajuste, tais como níveis, matiz / saturação, brilho / contraste, sobreposições de gradiente, sobreposições de cores, exposição etc... Você será capaz de lidar com quase todas as suas necessidades de edição de fotos apenas usando camadas de ajuste.

No exemplo abaixo eu apliquei uma camada de ajustes Gradient map. Usei um gradiente padrão de arco-íris, e, em seguida, reduzi a opacidade da minha camada de ajuste para 20%, para dar um efeito mais sutil. A grande coisa sobre camadas de ajuste é que você pode não só editar as configurações de ajuste, mas a opacidade da camada, o modo de mesclagem etc … Você pode até usar máscaras para esconder áreas de suas camadas de ajuste, dando-lhe ajustes específicos em cada área da imagem.

No exemplo abaixo eu apliquei uma camada de ajustes Gradient map. Usei um gradiente padrão de arco-íris, e, em seguida, reduzi a opacidade da minha camada de ajuste para 20%, para dar um efeito mais sutil. A grande coisa sobre camadas de ajuste é que você pode não só editar as configurações de ajuste, mas a opacidade da camada, o modo de mesclagem etc ... Você pode até usar máscaras para esconder áreas de suas camadas de ajuste, dando-lhe ajustes específicos em cada área da imagem.

2. Smart Filters

As camadas de ajuste são fantásticas, mas e quando desejamos aplicar filtros não-destrutivos? É aí que entram em filtros inteligentes! Podemos aplicar filtros inteligentes apenas como uma opção de mesclagem da camada, de modo que você possa voltar e editar as configurações de filtro a qualquer momento.

Para aplicar um filtro inteligente selecione a camada que você gostaria de aplicar o filtro, e vá em Filter> Convert for smart filters.

2. Smart Filters

Você receberá uma notificação de que você deve ativar sua camada em um “objeto inteligente”. Clique em OK.

Você receberá uma notificação de que você deve ativar sua camada em um "objeto inteligente". Clique em OK.

Depois, basta aplicar um filtro, como faria normalmente. Se você olhar para a sua paleta de camadas, você verá que o filtro aparece abaixo de sua camada, bem como seria uma opção de mesclagem. Se você deseja alterar as configurações de filtro mais tarde, basta clicar duas vezes no filtro dentro de sua paleta de layers:

Depois, basta aplicar um filtro, como faria normalmente. Se você olhar para a sua paleta de camadas, você verá que o filtro aparece abaixo de sua camada, bem como seria uma opção de mesclagem. Se você deseja alterar as configurações de filtro mais tarde, basta clicar duas vezes no filtro dentro de sua paleta de layers:

3. Máscaras

As máscaras são provavelmente o aspecto que todos vocês estão mais familiarizados. Elas permitem que você esconda ou ‘mascare’ partes de sua imagem. É incrível pensar que muitos de nós usávamos a ferramenta borracha para isso, o que obviamente é totalmente destrutivo. Máscaras dão-lhe muito mais liberdade para aplicar as configurações desejadas e, claro, são totalmente não-destrutivas.

Vou me concentrar em uma máscara de camada padrão para este artigo, mas há uma enorme variedade de técnicas para mascarar por ai a fora.

Se você olhar na parte inferior da sua paleta de camadas, você verá um pequeno ícone de “aplicar máscara de camada”. Clique neste ícone. Então você pode usar um pincel preto para mascarar áreas de sua imagem. Experimente com diferentes durezas e opacidades para resultados diferentes.

3. Máscaras

Isto é o que acontece quando você mascarar partes da imagem usando um pincel grande macio preto com opacidade 100%, com uma camada vermelha subjacente. Se você deseja recuperar partes de sua imagem, você pode simplesmente pintar de novo com um pincel branco e desmascarar áreas específicas.

Isto é o que acontece quando você mascarar partes da imagem usando um pincel grande macio preto com opacidade 100%, com uma camada vermelha subjacente. Se você deseja recuperar partes de sua imagem, você pode simplesmente pintar de novo com um pincel branco e desmascarar áreas específicas.

4. Dodge / Burn

Esta é uma grande técnica que eu uso com frequência em meus tutoriais de manipulação de fotos. Eu costumava “queimar” minhas imagens usando apenas o Dodge/burn diretamente em minhas camadas. No entanto, esta é claramente destrutiva, como você não pode desfazer seu Dodge/Burn se você está insatisfeito com os resultados.

Para aplicar este efeito de maneira não-destrutiva, comece pela abertura de sua foto. Em seguida, crie uma nova camada superior chamada ‘Dodge/burn “. Vá em Edit> Fill e preencha essa camada com 50% de cinza.

4. Dodge / Burn

4. Dodge / Burn

Agora altere o modo de mesclagem da camada para ‘Overlay’. Isto irá esconder o seu cinza 50%, mas deixara pintar sobre esta camada. Pinte sobre sua foto original usando pincéis macios preto/branco, em torno de 10%. Mantenha a pintura, construindo gradualmente os destaques e sombras para acentuar a sua imagem.

Agora altere o modo de mesclagem da camada para 'Overlay'. Isto irá esconder o seu cinza 50%, mas deixara pintar sobre esta camada. Pinte sobre sua foto original usando pincéis macios preto/branco, em torno de 10%. Mantenha a pintura, construindo gradualmente os destaques e sombras para acentuar a sua imagem.

Você pode rever o seu Dodge/Burn mudando o modo de mesclagem de volta de ‘sobreposição’ para ‘normal’. Isso permitirá que você veja claramente as marcas de pincel.

Você pode rever o seu Dodge/Burn mudando o modo de mesclagem de volta de 'sobreposição' para 'normal'. Isso permitirá que você veja claramente as marcas de pincel.

Abaixo você pode ver a diferença entre a imagem original e a versão Dodge/burn. Eu só pincelei para este exemplo, mas isto normalmente leva mais tempo no processo:

5. Lens Flare

O filtro Lens Flare pode ser realmente muito útil, mas durante muito tempo o usei sem ter conhecimento de como aplicá-lo de forma não destrutiva. Eu costumava achatar a minha imagem, copiar esta imagem achatada como uma nova camada superior, e, em seguida, aplicar um efeito de lens flare.

No entanto, na minha opinião, a maneira mais eficaz de aplicar um reflexo de lente não-destrutivo é criando uma nova camada superior, preenchida com preto. Em seguida, basta alterar o modo de mesclagem dessa camada para “screen” para esconder o preto, e aplicar o seu reflexo de lente, como faria normalmente:

A imagem abaixo mostra a camada com o “lens flare” no modo de mistura ‘normal’:

5. Lens Flare

A imagem abaixo mostra a camada com “lens flare” no modo de mesclagem “screen”, escondendo o fundo preto, mas deixando a mostra o reflexo de lente:

A imagem abaixo mostra a camada com "lens flare" no modo de mesclagem "screen", escondendo o fundo preto, mas deixando a mostra o reflexo de lente:

Site Original: PSD Fan

Comente! Sugestões, dúvidas e opiniões são ótimos para melhorar o conteúdo do Clube.

Aproveite para seguir o Clube no twitter, facebook, youtube ou google+, assim você fica por dentro das novidades, e acompanha os melhores links do blog. Você também pode assinar nosso feed de notícias e receber todas as atualizações de maneira exclusiva.

Compartilhe este artigo:

Guia de Estudos para Aprender Design por Conta Própria

Baixe o nosso guia e receba dicas e as novidades do Clube do Design no seu email:

Este post tem 2 comentários

  1. Liute,
    O Photoshop é realmente muito poderoso.
    Gostei muito do efeito do velhinho, pintando o bigode dele de maneira muito natural.
    Bem que poderiamos fazer isto na vida real… assim diminuiriam um pouco estes meus cabelos grisalhos de uma maneira mais natural… pintar não dá né…
    Abraços,

    1. Kkkk, verdade Paulo. Uma vez achei uma imagem muito interessantes, uma charge de um produto de beleza de se chamava photoshop. Muito Criativo. haha

Deixe uma resposta

Mais artigos pra você ler:
Affinity Photo #4 - Abrindo imagens RAW

Affinity Photo #4 - Abrindo imagens RAW

Você pode abrir imagens raw de sua câmera digital diretamente no Affinity Photo. Ao fazer isso, você será capaz de…
Como vetorizar o seu lettering de forma rápida e fácil no Adobe Illustrator

Como vetorizar o seu lettering de forma rápida e fácil no Adobe Illustrator

Hoje vou compartilhar com vocês um dos primeiros vídeos do canal Corporação Criativa onde ensino sobre a vetorização automática feita…
Affinity Photo #3 - Abrindo documentos

Affinity Photo #3 - Abrindo documentos

Você pode abrir fotografias e imagens rasterizadas, bem como uma variedade de imagens raw de câmeras populares no Affinity Photo,…
Como criar um lettering em 8 passos

Como criar um lettering em 8 passos

Que tal aprender mais uma técnica para o desenho de lettering? Nesse vídeo eu vou te ensinar como desenvolver um…
Fechar Menu